terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Ajude a incentivar essa prática! Mande fotos ou vídeo do seu pet com a identificação!

Por que devo identificar meu cãozinho e gatinho?

Apesar de parecer besteira, a identificação dos nossos amiguinhos é muito importante para garantirmos sua segurança e provarmos que, sim, eles têm uma família por quem são cuidados e amados.

O que a identificação tem a ver com cuidado e amor? 

Infelizmente, é comum cães e gatos escaparem por instinto, por algo que os assustou, dentre outros motivos. Caso isso aconteça, a identificação com seu nome e telefone aumentará as chances de serem encontrados e devolvidos o mais rápido possível! Isso é ter cuidado e amor por seu amigo! 

Mas meu animalzinho passa a maior parte do tempo dentro de casa. Preciso identificá-lo? 

Sim, pois seu cão ou gato pode fugir quando a porta estiver aberta... em um passeio, a coleira pode arrebentar ou soltar... ele pode pular o muro ou aproveitar que o portão da casa abriu e, até mesmo, ser levado por alguém. Sendo assim, o uso deve ser 24 horas por dia!! 

Como devo identificá-lo? 

Você pode comprar uma plaquinha de identificação em pet shop, bordar ou escrever num pedaço de tecido. Sempre com os dados: nome do cão ou gato e seu telefone.
Depois, coloque numa coleira resistente e confortávelJamais utilize enforcadores e elásticos! O cãozinho e gatinho podem se prender em algum galho ou saliência e acabar sendo machucados e até enforcados. 
Lembre-se: a identificação deve sempre estar atualizada e legível!

          Mas, por que meu cão ou gato fugiria?

Pelos seguintes motivos:

🐾 cadela ou gata no cio;
🐾 instinto de caçacuriosidade ou necessidade de reconhecer o território (principalmente um novo lugar);  
🐾 medo de trovão, fogos de artifício ou qualquer barulho assustador; 
🐾 ansiedade de separação;
🐾 cão e gato em hospedagem, num local desconhecido, que fogem tentando voltar para casa;
🐾 animais idosos ou doentes tendem a ficar desorientados e podem se perder (mesmo em lugares que já conhecem); 
🐾 busca por comida, principalmente se o vizinho está fazendo aquele churrasco!

Há outras formas de identificação? 

Além das plaquinhas, você pode fazer um RGA (Registro Geral Animal) para seu pet ou optar pela aplicação de um microchip:


RGA -> Carteira de identidade para seu cão ou gato. Ao registrá-lo, você recebe uma plaqueta para colocar na coleira permanentemente.
Microchip -> Micro-circuito eletrônico, de tamanho aproximado a um grão de arroz, que é implantado sob a pele. Contém um código exclusivo e inalterável que transmite informações do registro.

Mais informações? Clique aqui e acesse o site do CCZ!

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

DICAS E CUIDADOS SIMPLES PARA O VERÃO!


Nessa época do ano é comum cães e gatos terem alguns probleminhas como: infestação de parasitas, viroses, doenças de pele e algum mal-estar, devido às altas temperaturas.

A seguir, dicas simples de prevenção para você e seu pet terem um verão saudável e muito tranquilo:

🐾 Deixe água à vontade, sempre fresca e limpa. Se o veterinário liberar, coloque cubos de gelo (um por vez);

🐾 Consulte o veterinário sobre frutas, sucos e sorvetes (feitos para pets);

🐾 Na hora do passeio, evite períodos muito abafados e sol forte. Verifique com a mão ou com o pé se o chão está quente. Prefira andar nas sombras e leve água para hidratação;

🐾 Se forem viajar com você, muita atenção com areia, mar e piscinas. Fique de olho o tempo todo e mantenha-os sempre por perto;

🐾 Consulte o veterinário sobre produtos específicos para proteção contra o sol, especialmente em cães de pele e pelos claros;

🐾 Não deixe seu cão viajar ou passear com a carinha para fora da janela do carro. Essa prática é perigosa e prejudicial, pois causa danos aos olhos e ouvidos. Use sempre cinto de segurança ou caixa de transporte, mesmo em dias muito abafados. Manter o carro bem refrigerado, levar água e fazer paradas de alguns minutos evitam que seu pet passe mal.

🐾 Jamais deixe cães e gatos trancados no carro. Mesmo que seja por um breve período e que esteja com o ar condicionado ligado, pois a temperatura interna do carro, quando fechado, pode subir até 5ºC, em 15 minutos. Deixar frestinhas ou mesmo as janelas abertas, além de não melhorar em nada a sensação de calor, pode ser muito perigoso para o seu pet;


🐾 Escove com frequência a pelagem do seu pet;

🐾 Em dias quentes, você pode molhar os coxins (almofadas) das patas e deixar um pano umedecido com água fria para os cães e gatos;

🐾 Verifique com o veterinário se você pode ligar o ventilador em dias muito quentes para refrescar seu pet;

🐾 Nessa época do ano infestações de ectoparasitas são muito comuns, por isso, consulte seu veterinário sobre a melhor prevenção (antipulgas e carrapatos);

🐾 Mantenha machucados e arranhões sempre limpos e tratados, para evitar infecções e bernes;

🐾 Fique de olho em caso de hipertermia (insolação)! O processo de refrigeração na manutenção da temperatura do corpo, faz com que cães respirem pela boca como se estivessem ofegantes. Já os gatos costumam deitar de barriga pra baixo em superfícies frias para conter o calor. Sempre observe se a gengiva e dentro das orelhas estão rosadas;


Com essas dicas, o Espaço pra Cachorro deseja a todos um ótimo verão e boas férias!!!